Agradecemos à LITERARTE pelo honroso convite e aprovação de premiação, num reconhecimento ao meu trabalho idealista no mundo da literatura e da poesia, que me vem em um ano (2020) de grave pandemia, levando prejuízo a todos os setores da economia, em especial à CULTURA, que já vinha enfrentando desestímulo e perseguição dos governantes, culminando agora com a ameaça de TAXAÇÃO DE LIVROS.
Entretanto, apesar de todas as dificuldades, lançamos o livro infantil AGENDA em março (à espera do fim da pandemia para divulgação mais efetiva); temos uma obra – composta por mais de 100 poemas e uma novela – nas mãos do cartunista Júlio César Campos, para ilustração; e terminamos (no dia de hoje) o romance "Jenipapo no ponto" (meu 25º livro).